Segurança – entrada pelo portão social e garagem

condominio

A segurança do condomínio depende de todos os moradores. Antes de entrar no prédio pelo portão social, observe se há alguém próximo. Note se essa pessoa é moradora. Caso você não saiba, dirija-se ao interfone, solicitando alguma informação do porteiro. Agindo assim o porteiro já ficará atento e forçará a pessoa que está próxima também usar o interfone. Avise seus filhos e auxiliares para que também fiquem atentos.

Percebemos muitas vezes que os moradores ao sair ou entrar não fecham o portão social até o trinco e sim largam, fazendo com esse bata com grande intensidade. Ao largar o portão há tempo para que qualquer pessoa aproveite este tempo, entre e se aproxime do porteiro, deixando-o bastante vulnerável.

Ao entrar no condomínio pela garagem mantenha o carro trancado e com os vidros fechados e observe se não há alguém entrando a pé, junto ao carro. Caso isto ocorra não entre no prédio, dê ré, e entre novamente na rua. Quando houver outro carro para entrar junto na garagem, procure verificar se é conhecido, caso não saiba ou não dê para identificar, entre, mas fique atento se o carro está sendo conduzido com naturalidade de quem conhece o local. Se ficar em dúvida, consulte o porteiro em algum dos interfones, da própria garagem ou do elevador.

Caso você ache que em seu condomínio a segurança não está adequada, solicite ao síndico uma assembleia para que os moradores possam levar sugestões, e assim poderem minimizar os efeitos da criminalidade.

NÃO ESPERE QUE ESTA INICIATIVA SEJA ADOTADA APENAS PELA ADMINISTRAÇÃO – A SEGURANÇA É IMPORTANTE E DEPENDE DO ENVOLVIMENTO DE TODOS OS MORADORES.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.