Telefonia para empresas

Telefonia para empresas

Telefonia para empresas

telefonia para empresas

 

A aplicação de telefonia para empresas, através de uma central telefônica nada mais é do que o equipamento utilizado para realizar as ligações. Porém, além de realizar as ligações, possui outras funções como o atendimento, o alerta, envio de informação, processamento de informações e etc.

Tudo vai depender muito do modelo escolhido, mas como a evolução ao longo dos anos é grande, os aparelhos tendem a ter cada vez mais funções e facilitar mais o dia a dia de quem precisa usar uma central telefônica.

 

 

Telefonia para empresas – História da central telefônica

Para entender melhor como funcionam as centrais telefônicas e a telefonia para empresas, atualmente você precisa conhecer como é sua história e acompanhar a evolução.

O primeiro sistema que podia ligar duas pessoas, como no caso do telefone, foi criado em 1879 pelos irmãos Tomas e Daniel Connelly com Thomas J. McTighe. Foi assim que a primeira central telefônica ativada foi em Paris, no mesmo ano.

Depois, disso, D. Pedro II já autorizou a instalação da companhia Telephonica do Brasil na cidade do Rio de Janeiro, em 15 de novembro de 1879.

Já no ano de 1884, Ezra Gilliland, empresário da Bell, criou um sistema parecido com os irmãos Connely e Mctighe, mas que podia ter até 15 linhas. Havia ainda um contato metálico que pulava quando o usuário clicava em um botão, mas que nem chegou a ser utilizado na prática.

Foi em 1889 que Almon Brown Strowger, agente funerário, fez um sistema que funcionava automaticamente e em 1922 foi inaugurada a primeira central automática no Brasil, em Porto Alegre; depois a segunda foi no Rio Grande do Sul somente após três anos e, em 1928, a de São Paulo, seguida pelo Rio de Janeiro no ano seguinte.

Telefonia para empresas – Evolução ao longo dos anos

As primeiras centrais telefônicas automáticas aplicadas à telefonia para empresas, eram eletromecânicas e eram chamadas de Passo-a-passo. Depois vieram as Cross Bar, que eram as “barras cruzadas”, mas ainda eletromecânicas. Depois dos anos 70 que chegaram as centrais digitais, chamadas de CPA (Central de Programa Armazenado).

Com o avanço da tecnologia aplicada a telefonia para empresas, chegou a CPA que é uma central telefônica que tem um programa com funções de comunicação e controle com recursos adicionais também como a identificação de chamadas, bloqueio de ligações a cobrar, etc. Veja o vídeo histórico abaixo, onde se ensinava a usar o telefone !

Além da CPA, existem as CCC (Centrais de Comutação Celular), que são usadas na rede de celulares.

Os modelos atuais de centrais telefônicas são diversos e a Stel trabalha com a mais conhecida e respeitada no mercado que é a Intelbras, líder no segmento de telefonia para emrpesas.

Para escolher o seu modelo de central telefônica é preciso sempre levar em conta quantas linhas irá precisar, quantos são os funcionários da empresa que precisarão de um ramal (há empresas que optam por um ramal único por sala e outras em um ramal por pessoa), se haverá necessidade de um identificador de chamadas, se está pensando em expandir mais o negócio futuramente para que não tenha que trocar a central depois e quantas pessoas cuidarão desta central telefônica PABX.

A melhor forma de ter esta informação é contratando uma empresa que pode dar a consultoria necessária e ajudar a otimizar ainda mais sua central telefônica.

Telefonia para empresas – Principais vantagens

Agilidade é um dos atributos mais desejáveis nas empresas, com um sistema de telefonia para empresas adequado como o PABX, os diversos setores da empresa podem se comunicar com agilidade, sem deslocamento e sem custo.

Menos contratação de linhas telefônicas, pois não é necessária uma linha telefônica para cada aparelho, a central compartilhará as linhas disponíveis de acordo com a necessidade dos usuários, você também pode ter uma redução significativa no custo de ligações de longa distância e internacionais com telefonia IP, ligações gratuitas entre filiais através da integração das centrais e redução de custo nas ligações para telefones móveis.telefonia para empresas

Uma das melhores vantagens é a possibilidade do uso de várias operadoras na mesma central, aproveitando assim o custo baixo de ligações entre a mesma operadora, e, a modularidade, que é uma ampla adaptação ás necessidades e ao ritmo da sua empresa, permitindo aplicar soluções adaptáveis e flexíveis que preservam o investimento inicial.

A Stel, pode lhe orientar nas vantagens a serem consideradas conforme as necessidades de sua empresa. Solicite um atendimento personalizado de nossa equipe!

Telefonia para empresas – Centrais automáticas substituem telefonistas

Em 1889 um avanço realmente importante ocorreu, surgiu a ideia de que a ligação entre as várias linhas telefônicas poderia ser feita automaticamente, sem a ajuda de operadores. Um agente funerário da cidade de Kansas chamado Almond B. Strowger estava desconfiado de que uma telefonista de La Porte, Indiana, desviava as ligações para a funerária de seu marido. Strowger resolveu inventar um sistema de comutação que dispensasse o uso das telefonistas, os usuários iriam começar a discar o número desejado para falar, evitando assim erros.

Após vários estudos e tentativas, Strowger conseguiu construir, com a ajuda de um relojoeiro, um sistema para 100 linhas telefônicas. O sistema foi patenteado em 1891, e no mesmo ano Strowger estabeleceu a Automatic Electric Company para comercializar seu invento.
A primeira central telefônica automática, utilizando o sistema de Strowger, foi aberta em La Porte, Indiana, em 1892.

A primeira central automática do Brasil foi inaugurada em 1922 na cidade de Porto Alegre. A segunda foi inaugurada três anos depois na também cidade gaúcha de Rio Grande. A terceira, em 1928, em São Paulo, e em 1929 foi a vez do Rio de Janeiro inaugurar sua primeira central automática.

Conheça mais sobre nosso parceiro de negócios a Intelbras :

http://www.segs.com.br/informatica-e-ti/128373–intelbras-figura-a-lista-das-melhores-empresas-para-se-trabalhar-pela-oitava-vez-consecutiva.html

http://fndc.org.br/clipping/intelbras-lanca-o-primeiro-telefone-ip-nacional-376849/